O futuro pertence aos curiosos. E não aos preguiçosos.

Durante muito tempo acreditei numa premissa de que “a preguiça movia a humanidade”. De certo modo, fazia sentido. Tudo o que havia sido inventado era para facilitar nosso trabalho, deixá-lo menos “braçal”, fazermos menos esforço físico e nos poupar um tempo considerável na realização destas tarefas.

Mas imaginar que a preguiça foi a força motriz de todo esse progresso era zombar da cara de gênios, e reduzir a própria humanidade. Somos muito mais que isso. Aí ontem vi esse vídeo e compreendi que o que sempre moveu o mundo foi a curiosidade. Eles é quem ficaram horas observando a paisagem e teceram as primeiras conclusões sobre a Terra. Alguns deram a vida por sua curiosidade excessiva, e outros tiveram medo de tanta curiosidade, que mandaram-na reprimir…

E como você tem exercitado sua curiosidade?

The Future Belongs to the Curious from Skillshare on Vimeo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: